Senado: Bolsonaro sanciona transferência de imóveis do INSS para a União

Senado: Bolsonaro sanciona transferência de imóveis do INSS para a União

O presidente Jair Bolsonaro sancionou com um veto a Lei 13.813, de 2019, que transfere para a União imóveis do Fundo do Regime Geral de Previdência Social (FRGPS). A norma é decorrente de uma medida provisória (MP 852/2018), editada pelo então presidente Michel Temer. A sanção e a mensagem de vetos foram publicadas na edição desta quarta-feira (10) do Diário Oficial da União.

A norma transfere para a União 3,8 mil imóveis, que passam a ser administrados pela Secretaria do Patrimônio da União (SPU). Segundo o Poder Executivo, a transferência deve reduzir o déficit previdenciário com a amortização de dívidas do Fundo do Regime Geral de Previdência Social junto ao Tesouro Nacional. Os imóveis, que podem ser vendidos pela União, são avaliados em R$ 6 bilhões.

A Lei 13.813, de 2019, também acaba com o Fundo Contingente da extinta Rede Ferroviária Federal (RFFSA). A medida libera R$ 1,4 bilhão em imóveis que podem ser alienados, doados ou cedidos pela SPU a municípios em obras de infraestrutura, saúde e educação, incluindo programas sociais, como o Minha Casa, Minha Vida.

O texto permite ainda a venda direta dos imóveis no caso de leilão público “deserto ou fracassado”, quando não há interesse de compradores. Caso haja ausência de demanda em duas concorrências consecutivas, a norma autoriza um desconto de 10% no valor dos imóveis avaliados em até R$ 5 milhões.

Veto

O presidente Jair Bolsonaro vetou o último artigo do projeto de lei de conversão aprovado por deputados e senadores em fevereiro deste ano. O dispositivo, incluído pelos parlamentares, previa que empregados da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) e do Metrô de Porto Alegre (Trensurb) teriam os mesmos salários e aposentadorias dos servidores da empresa pública Valec Engenharia, Construções e Ferrovias. Atualmente, a paridade existe apenas para funcionários da extinta Rede Ferroviária Federal (RFFSA) transferidos para os quadros da Valec.

De acordo com a mensagem de veto, a extensão da paridade a empregados da CBTU e do Trensurb, incluída no texto por meio de emenda parlamentar, “usurpa a competência privativa do presidente da República”. O Palácio do Planalto argumenta ainda que o dispositivo vetado não tem “pertinência temática” com a medida provisória.

Fonte: Agência Senado

FONTE:  http://www.serjus.com.br/noticias_ver.php?id=9007 


Outras notícias

NOTÍCIAS 07 à 17 de julho
terça-feira 16 julho / 2019 Projeto susta regras de designação de interinos em cartórios
segunda-feira 15 julho / 2019 Sentença em ação de usucapião é anulada por falta de citação de interessado MP que simplificava abertura e fechamento de empresas perde a validade TST determina regime de precatório para uma sociedade de economia mista Para Quarta Turma, violação da boa-fé afasta proteção legal do bem de família
sexta-feira 12 julho / 2019 Famílias pobres poderão ter escritura de imóvel mesmo sem o habite-se Até encerramento da liquidação, sociedade falida tem legitimidade para agir em juízo Caixa não é obrigada a renegociar dívida de mutuário por perda de emprego
quinta-feira 11 julho / 2019 STJ: Colação de terreno doado em inventário deve considerar valor certo, e não proveito econômico dos herdeiros IBDFAM: Provimento trata de possibilidades de alterações nos sobrenomes de forma extrajudicial IBDFAM: Cônjuge ou companheiro de titular de empresa individual pode ajuizar ação de apuração de haveres para fins de partilha de bens, diz enunciado Para Primeira Turma, não cabem apreensão de passaporte e suspensão de CNH em execução fiscal
quarta-feira 10 julho / 2019 Sinoreg/MG: CCJ aprova carteira profissional de notários e escreventes TJ/MG: Ofício Circular da CCG/MG n.120/COFIR/2019 - Recolhimento de IRPF e ISSQN nas serventias vagas Clipping – Conjur - Documento antigo não é válido para ação rescisória, decide TST Incapacidade devida à progressão ou agravamento de doença garante a segurado aposentadoria por invalidez
terça-feira 09 julho / 2019 Clipping – Conjur - Mais de um ano sem contribuir invalida pensão por morte para dependentes
segunda-feira 08 julho / 2019 TJMG: Eliminação de documentos administrativos - Edital 06/2019 - Prazo de 45 dias para solicitar resgate de documentos Provimento Nº 82 do CNJ padroniza nacionalmente procedimentos de alteração do nome do genitor Clippiing - CNJ regula dispensa de anuência para desmembramento de imóveis rurais Clipping- IRTDPJ Minas – Sugestões para alteração do Código de Normas de Minas Gerais que será tratada na Comissão Especial de Trabalho

 

Rua Guajajaras, 197 - térreo - Centro - CEP 30180-103 - Tel. (31) 3224-1788 - Fax (31) 3226-4387 © 2019 - Registro de Títulos e Documentos. Cartório do 2º Ofício